Big Balloon

Login Register Tools
E-mail Imprimir PDF

Dicas - Presentes conforme a faixa etária

Índice do Artigo
Dicas
Como Organizar a Festa
Presentes conforme a faixa etária
Parceiros
Todas as Páginas

 

Presentes conforme a faixa etária


0 a 2 anos
Quando o bebê consegue se sentar, está pronto para brincar com cubos, caixas ou copos que se encaixem uns dentro dos outros. Brinquedos atóxicos, macios, com cores vivas e peças grandes, leves de manusear, sem pontas ou bordas afiadas, garantem a satisfação, a segurança e a diversão do seu bebê.

2 a 4 anos
Nesta faixa etária, os bebês são hábeis nos jogos de faz-de-conta, gostam de desempenhar papel de adultos e criar situações fantásticas, divertindo-se mais ao construir do que com a obra acabada.

4 a 6 anos
As crianças nesta faixa etária expressam suas confidências a um brinquedo e compartilham com ele emoções que guardariam em segredo. A capacidade de visualização e treinamento da memória  necessária para desenvolver a inteligência, pode ser exercitada por meio dos jogos que exigem o uso da imaginação ou do cálculo mental.

6 a 8 anos
A criança começa a manifestar interesse pelas atividades escolares e pelo aprendizado  da leitura. Já domina quase que complemente o sistema fonético.
Põe em dúvida solicitações dos adultos. Chora quando é criticada ou quando se sente ofendida.
Abandona o jogo, atirando as peças, quando percebe que perdeu.
Começa a ter consciência de si mesma como pessoa. Dramatiza, parece considerar-se o centro da cena que o adulto faça parte do seu mundo.

9 a 12 anos
Nesta idade as crianças começam a desenvolver habilidades específicas e dirigem considerável atenção a certos passatempos e ocupações, modelos em escala, jogos de mágica, kits elaborados de peças de construção, de química, de experimentos científicos, enigmas e quebra-cabeças.
Ser aceito pelos companheiros é muito importante nesta faixa etária, e o jogo corporal encontra expressão em diversos esportes ao ar livre.  A convivência social se sofistica através de jogos de tabuleiro, de cartas e jogos eletrônicos, principalmente os que exigem decisões estratégicas e conhecimentos adquiridos na escola.




* fonte: Revista Festas Infantis- fev/2008